quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

ROTEIRO HOMILÉTICO DO DOMINGO. APRESENTAÇÃO DO SENHOR, festa. Branco – 02.02.2014 – ANO A.

Missa pr: Gl, Cr, Pf próprio
Leituras próprias: Ml 3, 1-4 / Sl 23(24), 7.8.9.10 (R/.10b) / Hb 2, 14-18

Lc 2, 22-40 ou mais abre: 2, 22-32

ROTEIRO HOMILÉTICO DO DOMINGO. APRESENTAÇÃO DO SENHOR, festa. Branco – 02.02.2014 – ANO A.

ROTEIRO HOMILÉTICO DO DOMINGO. APRESENTAÇÃO DO SENHOR, festa. Branco – 02.02.2014 – ANO A.
Missa pr: Gl, Cr, Pf próprio
Leituras próprias: Ml 3, 1-4 / Sl 23(24), 7.8.9.10 (R/.10b) / Hb 2, 14-18

Lc 2, 22-40 ou mais abre: 2, 22-32
C1404apr Apresentação do Senhor

Há aproximadamente 40 dias do Natal, a Liturgia de hoje
nos convida a celebrar um acontecimento da vida
do menino Jesus: a Apresentação ao Senhor
(Antigamente a purificação de Nossa Senhora).

Na Bíblia, o número 40 é um número sagrado...
(Dilúvio, Moisés, Elias, deserto de Jesus).

A Lei mosaica prescrevia que todo filho primogênito do sexo masculino,
40 dias depois do seu nascimento, devia ser levado ao templo,
para ser oferecido a Deus. E a mãe devia nesse dia apresentar-se
para receber a purificação legal, conforme a mentalidade da época…

Na 1ª Leitura, Malaquias apresenta o mensageiro da Aliança,
que entra no templo para estabelecer um pacto renovador
e oferecer a oferenda devida. (Ml 3,1-4)

A 2ª Leitura afirma que Jesus é o Pontífice, que tem estende sua mão salvífica aos homens e expia com sua morte seus pecados. (Hb 2,14-18)

No Evangelho Jesus entra pela primeira vez no templo para ser apresentado a Deus. (Lc 2,22-40)

O texto salienta 4 aspectos que vamos aprofundar:

+ Os pais Maria e José, com o filho Jesus, vão ao templo de Jerusalém
para cumprir a dupla prescrição da lei mosaica: apresentação do menino e
a purificação da mãe aos 40 dias depois do parto.
Assim Jesus desde os primeiros dias de sua vida cumpre a vontade do Pai.

* Esse episódio tem um ensinamento muito importante
   para nós e nossas família
Os pais, geralmente, se preocupam em proporcionar educação, instrução, trabalho e boa posição social para os seus filhos, mas isso não é suficiente.
Devem consagrar seus filhos ao Senhor desde o início de suas vidas.
Devem educá-los para uma vida cristã fiel e coerente com tudo aquilo
que está escrito no evangelho.
Muitos pais se satisfazem em mandar os filhos à igreja ou à catequese.
Essa imposição externa não basta se não for sustentada por uma convicção
mais profunda. Educar na fé é muito mais que ensinar práticas religiosas.

Sabemos que as crianças aprendem muito mais com os olhos
do que com os ouvidos.
A vida cristã dos pais é o melhor método de ensinar catequese aos filhos.
- Se os pais rezam em casa, os filhos aprendem a rezar com eles;
- Se os pais lêem a Bíblia, os filhos aprendem a procurar a luz de sua vida
  na Palavra de Deus;
- Se os pais participam fielmente na comunidade cristã,
  os filhos seguem-nos e tornam-se cristãos empenhados.
- Se os pais praticam o amor, o perdão, a generosidade para com os irmãos,
  os filhos imitam.
É assim que os pais cristãos da atualidade são chamados
a "consagrar" seus filhos ao Senhor.

+ Simeão toma o menino nos braços e o oferece a todos os homens...
Num mundo em que o número dos idosos aumenta (...) ,
Simeão nos é apresentado como um idoso exemplar:
"Justo e piedoso", que compreendeu o sentido de sua existência.
Seus dias estão chegando ao fim, mas está feliz e
pede ao Senhor que o acolha na sua paz.
Não chora os anos da juventude, não vive se queixando da vida;
conversa com Deus e olha para frente.

* Os nossos idosos comunicam aos jovens a mesma alegria,
   o mesmo otimismo, a mesma esperança num futuro melhor?
   Cultivam o mesmo diálogo constante com Deus?

+ A Profetisa Ana: outra pessoa idosa, de 84 anos...
Ela não se afasta do templo do Senhor.
Não anda à procura de amantes, não tem tempo para perder,
Não vai de casa em casa para conversas inúteis, para falar mal dos outros.
Ela sabe que os dias de sua vida são preciosos e devem ser vividos
na intimidade com o Senhor e a serviço da comunidade.
Apesar de seus 84 anos, com renovado ardor missionário,
ela fala do menino a todas as pessoas com quem se encontra...

* As pessoas idosas não se sentem inúteis
   quando vivem na expectativa da vinda do Senhor,
   a serviço dos irmãos e falando de Jesus a todos aqueles
   que estão à procura de sentido para própria vida.

+ A Família voltou a Nazaré: "E o menino crescia em idade,
  sabedoria e graça...diante de Deus e dos homens..."

* Oxalá a Família de Nazaré possa ser um modelo para todas as famílias...
onde os filhos encontram um apoio para realmente crescer,
em idade, em sabedoria, em graça, diante de Deus e dos homens...
E assim ser aquela família que Deus quer...

+ "Luz das Nações"
 A profecia de Simeão transformou hoje uma grande festa da Luz:
 Daí a bênção das velas… as procissões… e
o compromisso de ser no mundo de hoje um reflexo da luz de Cristo,
para que ninguém caminhe nas trevas…

                                                                     AGeDaC - 02.02.2014

sábado, 25 de janeiro de 2014

COMUNIDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS CELEBRA MISSA POR OCASIÃO DO DIA NACIONAL DO APOSENTADO

COMUNIDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS CELEBRA MISSA “PRESIDIDA PELO PADRE JOSÉ VIDAL DE AMORIM” POR OCASIÃO DO DIA NACIONAL DO APOSENTADO EM 24 DE JANEIRO DE 2014. FOTOS DA CELEBRAÇÃO E DA 7.º CONFRATERNIZAÇÃO DOS APOSENTADOS/AS.



















terça-feira, 21 de janeiro de 2014

ROTEIRO HOMILÉTICO DO 3.º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A – VERDE – 26.01.2014



ROTEIRO HOMILÉTICO DO 3.º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A – VERDE – 26.01.2014
FONTE: http://www.buscandonovasaguas.com/

Comum 1403: Anúncio do Reino

Nesses primeiros domingos do Tempo comum,
a Liturgia nos apresenta o início da vida pública de Jesus,
com o ANÚNCIO DO REINO e
o CHAMADO dos primeiros discípulos

Na 1ª Leitura, Isaías fala de uma LUZ, que irá brilhar na Galiléia e
que irá iluminar toda a terra. Essa luz eliminará as trevas da opressão
e inaugurará o dia novo da alegria e da paz sem fim.
Compara à alegria no final das colheitas e caças abundantes. (Is 98, 23b-9,3)

* Jesus é a Luz que ilumina o mundo com uma aurora de esperança e
   dá sentido pleno à esta profecia messiânica de Isaías.

Na 2ª Leitura, Paulo exorta os coríntios a superar as rivalidades e divisões.
O Batismo não significou uma adesão a Paulo, a Apolo ou a Pedro...
CRISTO é a única fonte de Salvação para todos. (1Cor 1,10-13.17)

* Com freqüência, em nossas comunidades, pessoas procuram conduzir
o olhar e o coração dos fiéis para a sua "brilhante" personalidade
ao invés de levar as pessoas a descobrir o Cristo.
Esses "grupinhos" costumam ser prejudiciais ao Grupo, à Comunidade...

O Evangelho apresenta a realização da profecia de Isaías:
"O Povo que vivia nas trevas viu uma grande luz". (Mt 4,12-23)

* Jesus é a luz, que começa a brilhar na Galiléia e
   propõe a todos os homens a Boa Nova da chegada do Reino.
   Os discípulos serão os primeiros destinatários da proposta e
   as testemunhas encarregadas de levar o "Reino"  a toda a terra.

+ Jesus COMEÇOU sua atividade
   numa região pobre e oprimida, no interior do país,
   longe do centro econômico, político e religioso do seu país.
   Uma região desprezada pelos judeus como "Galiléia dos pagãos".
   Jesus deixa Nazaré e dirige-se para Cafarnaum, à margem do Lago,
   que se tornará o centro de sua atividade apostólica.
   Começa com o mesmo anúncio de João Batista:
   "Convertei-vos, porque o Reino de Deus está próximo".
   As suas Palavras anunciam essa nova realidade e
   os seus gestos são sinais evidentes de que Deus começou a sua obra.

+ Seus primeiros COLABORADORES,
   são pescadores do lago de Genesaré, gente simples, rude, sem estudo...
   mas leal, homens trabalhadores, que sabiam o que é lutar pela vida.
- E quando ouviram o apelo de Cristo, deixaram tudo e o seguiram:
 "Venham e sigam-me e farei de vocês pescadores de homens.
   Eles deixaram imediatamente as redes e o seguiram".

O QUE É O REINO DE DEUS?
Não é fácil explicar os mistérios de Deus...
Jesus compara o Reino ao tesouro e à pérola preciosa,
diante dos quais tudo o mais perde seu valor.
Compara o Reino com a semente, o grão de mostarda, o fermento.
Jesus quer dizer que já está presente, mas ainda longe sua realização definitiva.
É um Reino aberto a todos os homens.

O Reino de Deus é
- É um apelo do Senhor para os homens formarem comunhão com o Pai e entre si.
- É uma presença de Deus nos homens e no mundo.
- É um convite para ser mais, mais autêntico, mais sincero, mais de Deus...

O Reino tem exigências:

+ Conversão: - É ajustar a nossa vida aos planos de Deus,
      é fazer com que Deus ocupe o primeiro lugar em nossa vida.
   - É despojar-se do homem velho para se revestir do homem novo,
     criado segundo Deus, na justiça e na santidade.
   - É assumir a mentalidade do Evangelho e ver o mundo, as coisas e nós
     mesmos com os olhos de Deus. É uma atitude contínua... permanente...
+ : É entregar-se nas mãos de Deus ... e fazer a sua vontade.
    Mais do que uma resposta intelectual é uma Resposta de vida...
+ Humildade: O Reino só é possível aos humildes.
    Deus detesta os orgulhosos e ama aqueles que sabem precisar de Deus,
    e se põem sem interesses a serviço dos irmãos.

+ PESCADORES DE HOMENS

CRISTO inaugurou o seu Reino e continua convidando ainda hoje...
Os convidados somos eu, você, todos nós...
Todos nós somos chamados a deixar tudo para seguir Jesus,
anunciar a Boa nova e fazer gestos de salvação.

- O que nos diz o apelo de Cristo: "Farei de vós pescadores de homens"?
- O que significa concretamente para nós: "deixar tudo... para segui-lo"?

CRISTO conta conosco...
para que nesse mundo de trevas e violência, possa brilhar uma luz,
para que esse REINO possa chegar ao coração de todos os homens.

Ele aguarda a resposta, o nosso SIM generoso ao seu CHAMADO.

                                           Pe. Antônio G. Dalla Costa - 26.01.2014

ROTEIRO HOMILÉTICO DO 3.º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A – VERDE – 26.01.2014

FONTE: http://www.buscandonovasaguas.com/

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

CONSERVAÇÃO PREDIAL

O serviço de conservação predial ele deve ser constante. Como já postamos anteriormente fotos de alvenaria na comunidade, mais uma vez se faz necessário devido à linda revitalização dos armários de uso pastorais. Como se vê nas fotos, já está todos com azulejos novos esperando as portas de alumínio. – O muro está entrando na faze final com o emboço a cargo do pedreiro Beto e seu fiel parceiro Joãozinho. Tudo isto para que todos se sintam confortável e bem acolhido. Parabéns a Equipe Administrativa!






e sintam confortável e bem acolhido. Parabéns a Equipe Administrativa!

PASTORAL SILENCIOSA


Há um Movimento nas comunidades que denominamos: “Equipe de Limpeza”. Poderíamos também chamá-los: Pastoral Silenciosa! Ao chegarmos à Igreja para participarmos da Celebração encontramos tudo limpinho e acolhedor. Para isso são necessários pessoas como: Joaquim Domingos, Joaquim, Laci, Felisberto, Admir, João Batista, Josias, Admir; as senhoras Francisca e Dejanira e demais voluntários que atuam na comunidade São Francisco de Assis todas as sextas-feiras cuidando e zelando pela limpeza de todo o espaço.  – Deixo aqui minha admiração e os parabéns pelo trabalho essencial em qualquer ambiente, “limpeza”.

Este movimento não faz barulho e quase ninguém vê, por isso que colocamos “Pastoral Silenciosa”; mas deixo um convite: aqueles/as que se sentirem a vontade podem nos ajudar nesta e também em outras equipes, pois sempre são necessários novos parceiros para haja continuidade nos trabalhos, abraços a todos!













quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

PARÓQUIA SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA CELEBRA O DIA NACIONAL DO APOSENTADO EM 24.01.2045



ROTEIRO HOMILÉTICO DO 2.º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A – VERDE – 19.01.14




ROTEIRO HOMILÉTICO DO 2.º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A – VERDE – 19.01.14

Comum 1402: Cordeiro de Deus!

Deus tem um Plano de vida plena para os homens
e, ao longo da História, escolhe e envia pessoas,
 para a realização desse Plano.
Após o Batismo, em que o céu confirmou a missão de Jesus, João Batista
aponta que o CORDEIRO DE DEUS já está presente no meio do Povo.

Na 1ª Leitura, ISAÍAS aponta a Vocação de Israel. (Is 49,3,5-6)

Um misterioso "Servo de Deus" é escolhido por Deus, desde o seio materno, com a missão de dar testemunho da Salvação de Deus a todas as nações:
"Vou fazer de ti a LUZ DAS NAÇÕES
 para que a minha Salvação chegue até aos confins da terra ..."
Esse "Servo" é identificado com Israel.
Desde então povo aguardava... a realização da grande esperança...

* A VOCAÇÃO é sempre um Mistério...
- Sua origem é Deus, que escolhe, chama e envia...
- O "vocacionado" é sempre uma Testemunha e um Sinal vivo de Deus,
  dos seus valores e dos seus projetos diante dos homens...
- A Vocação é alimentada por Deus e, muitas vezes,
  Deus se serve de nossa fragilidade para atuar no mundo

Na 2ª leitura, PAULO lembra sua vocação a Apóstolo e a vocação de todos
à Santidade, comprometidos com os valores do Reino. (1Cor 1,1-3)

No Evangelho, JOÃO BATISTA aponta Jesus aos discípulos,
como o "Cordeiro de Deus". (Jo 1,29-34)

O Evangelho retoma o episódio do Batismo,
no qual aparecem duas afirmações sobre QUEM É JESUS:

1. Jesus é "O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo".

* "Cordeiro": Essa expressão lembra duas imagens:
    - O misterioso personagem de que nos fala Isaías (servo sofredor),
      que irá ao matadouro como um cordeiro silencioso...
       Ele assume os pecados do seu povo e realiza a expiação.
    - O Cordeiro Pascal imolado no Egito:
      O seu sangue, com que ungiram os portais das casas,
      foi sinal de libertação, de proteção divina e de certeza de salvação...

* "Pecado" (no singular), para João, é a atitude de rejeição a Jesus:
    - Hoje se fala muito de libertação da guerra, da opressão, da fome,
      do analfabetismo, da doença, da poluição, do desemprego...
    - Não se fala da libertação do pecado, que é a fonte dos demais pecados.

* "Mundo" designa a humanidade que resiste à Salvação.


2. Jesus é o "Filho de Deus", que possui a plenitude do Espírito Santo
    e que batiza no Espírito.

+ "Eu vi e dei o testemunho..."
O caminho espiritual, percorrido por João Batista,
para chegar à descoberta de Jesus como Cordeiro de Deus,
é o mesmo que todos os cristãos devem percorrer.

Ele começa dizendo por 2 vezes que "não conhecia Jesus".
- Este é o ponto de partida do caminho espiritual de todos nós:
  No começo, não conhecemos o Mestre.
  Em seguida, algum amigo nos fala dele.
  Reconhecemos que é uma pessoa extraordinária.

Mais adiante, Deus ilumina o Batista com alguns sinais especiais.
Ele abre os olhos por completo e reconhece em Jesus o Filho de Deus:
"Eu vi e dei o testemunho de que este é o Filho de Deus".
- Quando descobrimos Jesus como Luz e Salvador do mundo,
  sentimos a necessidade de comunicar aos outros a nossa alegria.
  O Batista fala daquilo que viu, os cristãos também deveriam falar
  somente daquilo que viram e experimentaram.

Deus continua precisando de outros Batistas:
Há muito tempo, os homens estão à procura de Cristo.
E se ainda não o encontraram, talvez seja
porque está faltando para eles um João Batista que lhes indique.
E o Batista do tempo de hoje devo ser eu, devemos ser todos nós.

- Todos nós devemos ser testemunhas do evangelho,
preparar o encontro dos homens com Cristo.
Em todos nós se esconde um precursor, um João Batista.
É preciso acordá-lo.

- Todos nós devemos indicar ao irmão o Cristo que se aproxima.
Indicar o Cristo, e depois desaparecer... discretamente.

Como João Batista: não sou eu o protagonista desta história.
Ele virá depois de mim. Eu sou apenas uma voz, sou apenas o dedo dele... Depois é preciso que eu desapareça, para que Ele possa aparecer.
Preparar o encontro do homem com Cristo e depois morrer...
Então, a nossa passagem neste mundo não terá sido em vão.

Esta é a missão de todo cristão:
preparar o caminho do Senhor e o encontro do homem com Deus,
levantar o dedo e proclamar bem alto:
"Eis aquele que o teu coração está procurando,
 eis aquele que veio para te amar e te salvar!"

         
                                       Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa - 19.01.2014

ROTEIRO HOMILÉTICO DO 2.º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A – VERDE – 19.01.14

ROTEIRO HOMILÉTICO DO 2.º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A – VERDE – 19.01.14


domingo, 12 de janeiro de 2014

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA DA FESTA DE SÃO SEBASTIÃO - 2014

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA DA FESTA DE SÃO SEBASTIÃO - 2014 - BARRA MANSA


TEMA: São Sebastião, pelo seu glorioso martírio, dê-nos fé e coragem de doar a vida pelos irmãos.
Visita da Imagem Peregrina de São Sebastião
Dia 04 – 19:30 hs – Missa de Envio de Missionários(as) com as imagens de S Sebastião
Dia – 05 a 19 – Visita da Imagem de S Sebastião às famílias e instituições da Paróquia São Sebastião e às outras Paróquias de Barra Mansa. 05-09: Paróquia Santa Cruz; 10-14:Paróquia Santo Antônio; 15-19: Paróquia Sagrado Coração de Jesus.

Novena de São Sebastião – na Matriz
Dia 11 – sábado – 19:30  – Missa animada pelas comunidades do setor 01
Lema: “Deixemos Cristo brilhar em nós”.
Dia 12 – domingo – 19 horas – Missa animada pelas comunidades do setor 02
Lema: “Pelo batismo somos chamados ao compromisso de sermos Igreja no mundo”.
Dia 13 – segunda-feira – 19:30 – Missa animada pelas Comunidades do setor 03
Lema: “A humanidade clama por dignidade e paz!”.
Dia 14 – terça-feira – 19:30 – Missa animada pelas comunidades do setor 04
Lema: “O amor de Jesus nos liberta!”.
Dia 15 – quarta-feira – 19:30 – Missa animada pelas comunidades do setor 05
Lema: “Ser livre para servir na esperança, fé e caridade!”
Dia 16 – quinta-feira – 19:30 – Missa animada pelas comunidades do setor 06
Lema: “Cristo fonte de justiça e respeito a humanidade!”
Dia 17 – sexta-feira – 19 horas – Missa animada pela Paróquia Sagrado Coração de Jesus
Lema: “Nosso compromisso deve ser para a transformção do Reino!”
Dia 18 – sábado– 19 horas – Missa animada pela Paróquia Santo Antonio
Lema: “Acolher os excluídos é acolher o próprio Cristo”
Dia 19 – domingo – 19 horas – Missa animada pela Paróquia Santa Cruz
Lema: “Jesus, a luz que conduz a humanidade”
____________________
Dia 19 – domingo  – 15h – Missa com Unção dos Enfermos (Pastoral da Saúde)

Dia 20 – segunda-feira – Dia do Glorioso Mártir São Sebastião
06:00 – Alvorada
07:30 - Missa pelas famílias (Pastoral Familiar)
09:30 - Missa da Iniciação à Vida Cristã (Catequese)
15h - Missa Solene das comunidades eclesiais de base presidida por D. Francisco Biasin
17h - Procissão de São Sebastião e bênção final.
PROGRAMAÇÃO SOCIAL DA FESTA DE SÃO SEBASTIÃO - 2014

Sexta-feira 17/01 – 20:30 h – Grupo de dança “Flor da Terra” de Domingos Martins, ES – Música religiosa
Sábado 18/01 – tarde – 14:30 h – 18:30 h – Hallel na praça
- Skate
- Atividade circense
- Oficina de dança clássica pelos jovens
- Capoeira
Noite – 20:30 h – 23-30 h – Grupo de Dança “Flor da Terra”
- Apresentação com jovens de oficina
- Música popular, sertanejo
- Noite de talentos
Domingo 19/01 – 20:30 h – 23:30 h
- Grupo de dança
- Música popular, samba
Segunda 20/01 – 20:30 h – 23:30 h
- Grupo de dança
- música popular brasilera




PASTORAL DA SOBRIEDADE

BELA CONTRIBUIÇÃO DA COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA PARA COM AS "PESSOAS NECESSITADAS" DA (AUTOAJUDA)!

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

ROTEIRO HOMILÉTICO DO BATISMO DO SENHOR – ANO A – 12.01.2014

ROTEIRO HOMILÉTICO DO BATISMO DO SENHOR – ANO A – 12.01.2014


ROTEIRO HOMILÉTICO DO BATISMO DO SENHOR – ANO A – 12.01.2014

ROTEIRO HOMILÉTICO DO BATISMO DO SENHOR – ANO A – 12.01.2014

Comum 1401: Promulgação do Reino

Após as festas do Natal, em que celebramos
o Mistério da infância de Jesus,
a Liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública.

No BATISMO DE JESUS, nas margens do Rio Jordão,
revela-se o Filho amado de Deus, que veio ao mundo 
enviado pelo Pai, com a missão de salvar e libertar os homens.

A 1ª Leitura anuncia um misterioso "Servo" escolhido por Deus e
enviado aos homens com a missão de instaurar um mundo de justiça e de paz.
Com o Espírito de Deus, ele concretizará essa missão
com humildade e simplicidade. (Is 42,1-4.6-7)

Na 2ª Leitura Pedro reafirma que Jesus é o Filho amado
que o Pai enviou ao mundo para concretizar um projeto de salvação:
Ele "passou pelo mundo fazendo o bem" e libertando os oprimidos.
Essa é também a Missão fundamental dos discípulos. (At 10,34-38)

No Evangelho, temos a realização da promessa profética:
Jesus é o "Servo" enviado pelo Pai, sobre quem repousa o Espírito,
e cuja missão é realizar a libertação dos homens. (Mt 3,13-17)

+ Jesus precisava receber o Batismo?
   É claro que não. João até não queria batizar Jesus.
- Que sentido faz então Jesus se apresentar a João para receber
  este "batismo" de purificação, de arrependimento e de perdão dos pecados?

Para Mateus, o Batismo é um momento importante,
em que Jesus manifesta a sua IDENTIDADE e a sua MISSÃO:


- Jesus é SOLIDÁRIO com o Homem limitado e pecador.
  Coloca-se ao lado dos pecadores para percorrer com eles
  o caminho que conduz à liberdade.

- Jesus é o "FILHO AMADO" enviado pelo Pai ao mundo
  para cumprir um projeto de libertação em favor dos homens.

- Jesus é o NOVO LIBERTADOR:
  O batismo de Jesus no Jordão recorda a passagem do Mar Vermelho
  e estabelece um novo paralelo entre Jesus e Moisés…
  Jesus é o novo Moisés, revestido do Espírito de Deus,
  para conduzir o seu Povo da terra da escravidão para a terra da liberdade.














- Jesus é o MESSIAS ESPERADO:
  João reconhece ser apenas o precursor do Messias esperado.
Para aprofundar a Identidade e a Missão de Jesus,
Mateus recorre a três elementos simbólicos muito expressivos:
Os céus abertos, o Espírito que desce em forma de pomba e a Voz do céu:

- "Os céus se abriram...": Deus encerrou o seu silêncio...
  abriu seu coração e voltou a ser amigo dos homens:
  É o momento da reconciliação entre o céu e a terra, entre Deus e os homens...

- "O Espírito Santo desceu sob a forma de Pomba":
   Relembra o Espírito de Deus que na Criação pairava sobre as águas...
   Lembra também o Dilúvio... quando o céu estava fechado,
   e a pomba com o ramo de oliveira foi o sinal
   de que a paz havia sido restabelecida...

- "Ouviu-se uma voz do céu...":
  Há 300 anos o povo não ouvia a voz de Deus pelos profetas...
  Ao enviar o Espírito sobre Jesus, Deus quer mostrar
  que voltou a falar com os homens...
  * Jesus é confirmado pelo Espírito Santo e pelo Pai.

+ O Batismo de João, que Jesus recebeu, não é a mesma coisa
    do Batismo que Jesus instituiu e mandou os apóstolos a realizarem...
   O de João era apenas um rito penitencial... de purificação,
   para os que aceitavam preparar-se para a vinda do Messias.
   Era apenas antecipação do Batismo cristão, na "água e no Espírito".

+ O Batismo de Jesus:

   - É um SACRAMENTO instituído por Cristo e realizado hoje pela Igreja.
- Lava a mancha do pecado original...
- Dá uma Vida Nova...
- Nos torna membros do Povo de Deus e da Igreja....
  Filhos de Deus e herdeiros do céu.
   - É um Sinal sensível e eficaz da Graça...
   - É uma Presença especial de Deus em momentos importantes de nossa vida.

    + O BATISMO é o começo
   de uma caminhada como seguidores de Cristo
   e nos compromete a servir Deus com fidelidade,
   como membros vivos e atuantes no Povo de Deus.

Continuemos a nossa celebração:
- agradecendo o grande dom do nosso Batismo...
- e pedindo forças para sermos fiéis a esse COMPROMISSO assumido.


 Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa - 12.01.2014

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

ROTEIRO HOMILÉTICO: SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR – ANO A – 05.01.2014



Epifania 2012: Uma Estrela

Celebramos hoje a festa da Epifania e
a conclusão do tempo litúrgico do Natal,
lembrando a adoração de Jesus pelos Magos,
representantes das pessoas do mundo inteiro.
Toda liturgia de hoje é permeada pelo sentido universal da obra de Cristo.

A palavra "Epifania" significa: Manifestação de Deus aos homens.

A Liturgia desse domingo nos leva à manifestação de Jesus,                                            como "Luz" que atrai a si TODOS os povos.
Essa "Luz" brilhou no meio da trevas do mundo e
iluminou os caminhos dos homens com uma proposta de salvação.

A 1a Leitura anuncia a chegada da Luz salvadora do Senhor,
que alegrará Jerusalém e que atrairá a ela povos de todo o mundo. (Is 60,1-6)

Jesus é a Luz que vence as trevas do pecado e da opressão e
que dá ao mundo um rosto mais brilhante de vida e de esperança.
Hoje a Igreja é a comunidade dos que aderiram a Jesus e acolheram essa Luz.
- Em nossas comunidades brilha a luz libertadora de Jesus?

A 2ª Leitura apresenta o projeto salvador de Deus,                                                                  como uma realidade que vai atingir toda a humanidade
juntando JUDEUS e PAGÃOS, numa mesma comunidade de irmãos,
a comunidade de Jesus. (Ef 3,2-3a.5-6)

 Evangelho apresenta Jesus como a LUZ,
que atrai para si todos os povos. (Mt 2,1-12)

Os MAGOS, representando todos os povos da terra, vão a Jerusalém,
ao encontro de Jesus, o aceitam como "Salvação de Deus" e o adoram.
A Salvação, rejeitada pelos habitantes de Jerusalém,
torna-se agora uma oferta universal.

- A narrativa, exclusiva de S. Mateus, tornou-se muito conhecida e popular...
No entanto, não estamos diante de uma reportagem jornalística
que faz a cobertura oficial de três chefes de estado a outro país.
Estamos diante de uma CATEQUESE sobre Jesus,
destinada a apresentar Jesus como Salvador de todos os homens.
- A Estrela, inventada por Mateus, não é um astro no céu, mas a pessoa de Jesus.   
  Ele é a "Luz" anunciada pelos profetas, que ilumina todos os povos e nações.
- Os Magos representam todos os homens que vão ao encontro de Jesus
  e se deixam guiar pela sua mensagem de paz e de amor.
- Intenção de Mateus era apresentar Jesus como o Messias, o novo Moisés...
  o ungido de Deus, recusado pelos judeus e aceito pelos pagãos
  que formarão o novo Israel, o novo povo de Deus: a Igreja.
+ Duas atitudes diferentes vão se repetir ao longo de todo o Evangelho:
- O Povo de Israel rejeita Jesus, enquanto os "magos" (pagãos) O adoram;
- Herodes e Jerusalém "ficam perturbados" diante da notícia do nascimento
   do menino e planeiam a sua morte,
   enquanto os pagãos sentem uma grande alegria e
   reconhecem em Jesus o seu salvador.
* Mateus mostra que Jesus vai ser rejeitado pelo seu Povo;
   mas vai ser acolhido pelos pagãos, que formarão o novo Povo de Deus.

+ O Caminho seguido pelos Magos para encontrar Jesus
   é o caminho a ser seguido por todos nós, em nossa procura de Deus:
- Estão atentos aos sinais (estrela),
- percebem que Jesus é a Luz que traz a Salvação,
- põem-se decididamente a caminho para o encontrar...
- perguntam aos judeus, que conhecem as Escrituras, o que fazer,
- encontram Jesus e o adoram como "Senhor".

* Nesse relato, descobrimos também as etapas do nosso caminho:
- Sensibilidade em distinguir os sinais de Deus…
- Generosidade em aceitar… "Vimos …e  viemos…"

+ Com quem nos assemelhamos?
- Com os SACERDOTES, que conheciam bem a Religião,
   mas se mostraram indiferentes aos sinais de Deus?
- Com HERODES, que aparentemente se mostra interessado,
  mas na realidade é hostil ao Menino?
- Com os MAGOS, que estão atentos aos acontecimentos
  e generosos em deixar tudo e se pôr ao seu encontro?
  Os Magos representam todos os povos não judeus,
  agora associados à História da Salvação.

Os magos aceitaram o convite e não perderam a esperança:
nem mesmo na incompreensão dos contemporâneos…
nas dificuldades da longa caminhada… na ignorância e maldade de Herodes...
na indiferença dos sacerdotes... nem estranharam o ambiente rústico do menino, procurado como rei dos judeus.

Se olharmos o mundo e os homens com os olhos da fé…
tudo será uma manifestação e presença de Deus… uma perene Epifania...

Os magos não se apresentam de mãos vazias
Oferecem o que tinham de melhor.
O que podemos oferecer hoje ao menino de Belém?
Certamente ele gostaria de ganhar um pouco do nosso tempo,
um espaço em nosso coração, a partilha dos nossos dons...
Sejamos generosos!...


                                  Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa - 08.01.2011

ROTEIRO HOMILÉTICO: SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR – ANO A – 05.01.2014



AGENDA DE JANEIRO 2014 PARÓQUIA SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA - BARRA MANSA



quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

ROTEIRO HOMILÉTICO: SOLENIDADE DA SANTA MÃE DE DEUS, MARIA – ANO A – 01.01.2014

ROTEIRO HOMILÉTICO: SOLENIDADE DA SANTA MÃE DE DEUS, MARIA – ANO A – 01.01.2014

ROTEIRO HOMILÉTICO: SOLENIDADE DA SANTA MÃE DE DEUS, MARIA – ANO A – 01.01.2014

Natal 1403: Fraternidade e Paz

Nesse dia, celebramos várias comemorações:
- O 1º dia do ano;
- A Solenidade de Maria, Mãe de Deus;
- O "Dia Mundial da Paz".

Vamos refletir sobre essas motivações:

1. Mais um ano, que começa...
Inicialmente, desejo que o novo ano seja para todos vocês,
cheio de Paz e Prosperidade, com todas as bênçãos de Deus...
Olhando o ANO que termina e o outro que inicia... notamos que
muita coisa fizemos, muita coisa deixamos de fazer e
muita coisa ainda resta por fazer...

* E esse momento nos leva a uma ATITUDE:
- de GRATIDÃO:
     - a DEUS... pelo dom da VIDA... pela sua GRAÇA... pela sua FORÇA...
     - às PESSOAS, que nos ajudaram em nossa caminhada...
- de PERDÃO: pelas vezes que falhamos...
  por pensamentos... por palawas... por ações... e omissões...
- de PRECE: Implorando a Bênção de Deus sobre o novo ano...

Na Leitura, Moisés, em nome de Deus, a fonte de toda a Bênção,
comunica a Aarão e seus filhos o ministério de abençoar:
"Abençoareis os filhos de Israel assim:
o Senhor te abençoe e te proteja!
O Senhor volte seu rosto para ti e se compadeça de ti!.
O Senhor dirija o seu olhar para ti e te conceda a Paz!
Assim invocarão o meu nome, e eu os abençoarei..."  
(
Nm 6,22-27)

* É uma bênção litúrgica, que atualiza a Aliança e
assegura proteção, benevolência e paz.

+ Que sentido tem pedir a bênção?
A bênção não é um ato mágico para resolver todos os nossos problemas.
Quem a recebe terá as mesmas dificuldades que os outros homens.
Entretanto, recebe a força necessária para enfrentá-las
através da nova luz que procede da nossa fé.

Pedir a BÊNCÃO: é uma maneira de reconhecer
a nossa dependência de Deus em todos os dias do novo ano.
- Pedir a bênção de nossas CASAS,
  é desejar que o Cristo visite o nosso lar e permaneça sob nosso teto.
- Pedir a bênção aos CARROS, não supõe que possamos abusar no trânsito...
- A força da bênção não depende dos poderes do Sacerdote que a profere,
  mas do poder e da vontade de Deus...
2. Hoje também é o DIA MUNDIAL DA PAZ

A Igreja quer nos lembrar desde o primeiro dia do ano,
que a paz anunciada pelos anjos em Belém,
só é possível às pessoas de boa vontade,
que se esforçam dia a dia para construir a Paz,
paz que é antes de tudo obra de justiça e fruto do amor...

- PAZ no coração... na família... na vizinhança... na comunidade... no trabalho...

- A Mensagem do Papa nos lembra
que a FRATERNIDADE é Fundamento e Caminho para a PAZ:
"Nesta minha primeira Mensagem para o Dia Mundial da Paz, desejo formular a todos, indivíduos e povos, votos duma vida repleta de alegria e esperança. Com efeito, no coração de cada homem e mulher, habita o anseio duma vida plena que contém uma aspiração irreprimível de fraternidade, impelindo
à comunhão com os outros, em quem não encontramos inimigos ou concorrentes, mas irmãos que devemos acolher e abraçar". (Papa Francisco)

3. A Igreja celebra hoje também a festa de MARIA MÃE DE DEUS...

O Evangelho nos apresenta Maria, recebendo feliz a visita dos pastores...
e meditando em seu coração tudo o que falavam do Messias...
(Lc 2,16-21)
A reação dos pastores é numa atitude de ação de graças e de testemunho,
glorificando e louvando a Deus, por tudo o que tinham visto e ouvido.

* A atitude meditativa de Maria, que interioriza e aprofunda os acontecimentos,
e a atitude "missionária" dos Pastores, que proclamam a ação salvadora de Deus,
manifestada no nascimento de Jesus, são duas atitudes essenciais,
que devem estar presentes na vida de todos nós.

Na 2ª Leitura, Paulo lembra o Amor de Deus,
que enviou o seu Filho ao encontro dos homens
para os libertar da escravidão da Lei e para os tornar seus "filhos".
Nesta situação, podemos chamar a Deus de "Abbá" (papai)...

+ E Você, que planos tem para esse novo ano de 2014?

Que tal... COMEÇAR O ANO...

- Com um OLHAR novo sobre essa casa, essa cidade, esse trabalho,
  que a rotina já cansou e desgastou...

- Com um AMOR novo: com o pai... a esposa... os filhos ... o vizinho...
  que talvez no dia a dia acabou esfriando...

- com um CORAÇÃO novo, disposto a descobrir em tudo e em todos,
  o rosto e as mãos de um Cristo intensamente presente em nossa vida...

- E, a exemplo de MARIA, Mãe de Deus e Rainha da Paz,
  SEMEAR PAZ, ao redor de nós,
  para que esse novo ano seja mais humano, mais fraterno e mais cristão?...

É O QUE DESEJO A TODOS NÓS!...


                                                      Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa - 01.01.2014